iot x covid-19

O que INTERNET DAS COISAS tem a ver com COVID-19?

Atualmente, devido à fase pela qual atravessamos, é notável a maior utilização de alguns termos e palavras como confinamento, contato físico, disseminação, contaminação, quarentena, isolamento (social) e transmissão, por exemplo.

TECNOLOGIA. Esta é uma palavra que está no nosso vocabulário há anos e, agora, passou a ser ainda mais utilizada. Como sabemos, ela é uma grande aliada para diversas empresas e pessoas, desde pesquisas que são feitas para criação de vacinas, projetos de respiradores mais acessíveis, trabalhos remotos (home office) e também possibilitar ações antes impraticáveis, como participar de reuniões mesmo durante o isolamento social. Diante da atual situação, a tecnologia tem um papel fundamental, o que torna mais popular algumas aplicações que vão revolucionar tanto quanto a era da informação/globalização: Internet das coisas (em inglês, Internet of Things - IoT), também conhecida como Indústria 4.0 ou 4ª Revolução industrial.

A Internet das Coisas descreve a rede de objetos físicos - “coisas” - que são incorporados a sensores, software e outras tecnologias com o objetivo de conectar e trocar dados com outros dispositivos e sistemas pela internet. Esses dispositivos variam de objetos domésticos comuns a ferramentas industriais sofisticadas. Com mais de 7 bilhões de dispositivos IoT conectados atualmente, os especialistas esperam que esse número aumente para 10 bilhões até 2020 e 22 bilhões até 2025.

Fonte: Site da Oracle

Como acontece uma infecção por contato?

Apesar do tema "infecções por contato" ser considerado geralmente de conhecimento geral/trivial, um experimento conduzido pela emissora japonesa NHK News Web em colaboração com especialistas deixa o entendimento bem mais interessante e curioso:

A experimentação se baseou na causa da disseminação do COVID-19 em navios de cruzeiro, mais especificamente nos restaurantes. O experimento contou com a presença de 10 participantes em um buffet apreciado por 30 minutos, onde uma pessoa foi designada como o indivíduo infectado e, simulando uma tosse, espalhou uma tinta fluorescente nas suas mãos.

Confira o breve vídeo abaixo para ver o resultado do experimento:


"Um lugar onde a maioria não especificada de pessoas pode tocar facilmente é chamado de superfície de alto toque."

O professor Hiroyuki Kunishima, da Faculdade de Medicina da Universidade St. Marianna.

Superfícies de alto toque


Depois dos 30 minutos, quando foi verificada a tinta que brilhava através de uma luz especial, percebeu-se que ela foi espalhada em uma ampla variedade de pratos, nas mãos de todos os participantes e no rosto de três deles. O que ajudou a alastrar a tinta foram as chamadas superfícies de alto toque, como a tampa do recipiente que segurava a comida, as pinças que separavam a comida e a alça do recipiente para bebidas.

Segundo o professor Hiroyuki Kunishima, da Faculdade de Medicina da Universidade St. Marianna, um lugar onde a maioria das pessoas pode tocar facilmente é chamado de superfície de alto toque, que é onde o perigo está abrigado.

Em relação à aplicação em ambientes diversos, consideram-se também como algumas outras superfícies de alto toque:

  • Controles de condicionadores de ar;

  • Controles de TV;

  • Interruptores;

  • Maçanetas;

  • Cortinas (contato para aberturas e fechamentos);

Internet das Coisas (IoT)

Com a tecnologia IoT, os acessos às superfícies de alto toque são evitados por colaboradores, usuários e clientes, o que proporciona um benefício sanitário/salutar bastante significativo. Em relação à solução tecnológica, é possível listar os seguintes valores agregados e correlacionados:

  • Melhoria e otimização operacional, visto que o objetivo é fazer com que os equipamentos funcionem de acordo com o regime de funcionamento dos colaboradores, usuários e clientes da empresa. Assim é possível economizar proporcionando mais praticidade para os colaboradores e conforto para usuários e clientes. Adicionalmente, como uma ferramenta que permite um monitoramento de consumo, é possível prever necessidades de manutenção que, consequentemente, não comprometerá os trabalhos de colaboradores e usuários.

  • Segurança através de maior monitoramento de equipamentos eletro eletrônicos, havendo a possibilidade de uma manutenção corretiva preventiva, assim como o recebimento de alertas e notificações de sensores. Por exemplo, é possível receber avisos de acordo com o aumento da temperatura de um centro de processamento de dados, sensor de presença/porta/janela durante a madrugada, acionamentos de aparelhos em horários inapropriados ou até mesmo um aviso de esquecimento de ar condicionado ou lâmpada ligada depois do expediente.

  • Economia proporcionada tanto por um melhor controle de acionamentos, desligamentos e - nos casos de condicionadores de ar - controle de temperatura, quanto pelo monitoramento contínuo de consumo. Como exemplo já vivenciados na prática, pode ser aplicado aos esquecimentos de equipamentos ligados, automação de desligamentos em horários indevidos, previsão da necessidade de manutenção de equipamentos e verificação de um aparelho que esteja consumindo demasiadamente. Portanto, também é importante considerar a sustentabilidade, uma vez que, além de diminuir o custo com energia elétrica, há economia de recursos naturais para geração desta energia.

  • Conectividade, que é um recurso da própria plataforma, possibilitando controles através de qualquer dispositivo, seja computador, smartphone ou tablet, em qualquer lugar do mundo, tendo requisito apenas em relação ao acesso à internet. Com a solução, é possível também configurar aparelhos/equipamentos remotamente, monitorar os equipamentos, avaliar relatórios de sensores (de temperatura, consumo elétrico, presença, porta, janela...), controlar acessos de colaboradores responsáveis, bloquear o uso controles remotos (infravermelho) em horários programáveis, limitar acessos de colaboradores à plataforma da forma mais versátil possível, dentre diversas funcionalidades.

Com intuito de possibilitar ao leitor um contato mais próximo com a solução, a DOMUS disponibiliza o acesso a alguns relatórios de casos reais realizados em alguns ambientes. Clique aqui para conhecer mais os ambientes, respectivos resultados e viabilidade econômica.

Tem interesse em conhecer mais?

Fala com a gente!

Banco Parceiro: